2012 harvest in the Douro, in a blink

Estamos lentamente a aproximar-nos do final da vindima no vale do Douro. Depois de alguns dias de chuva no final de setembro, o tempo tem estado bom, com temperaturas em torno de 20 º e tempo seco. No início desta semana, choveu novamente, o que veio complicar o nosso trabalho. Se a chuva que tivemos no final de setembro, poderia ter sido favorável às uvas localizadas nas áreas mais elevadas, a desta semana não acrescenta nada.

Na vinha, as uvas ainda estão saudáveis. Não há podridão, oídio ou qualquer outro grande problema que reduza a qualidade. Em termos de trabalho na adega, também está calmo. As fermentações estão a começar espontaneamente e sem problemas. Como as temperaturas exteriores não são muito altas, não há dificuldade em manter os mostos às temperaturas desejadas.

Em relação à prova sensorial dos mostos de fermentação e dos Vinhos do Porto já feitos, como já tínhamos falado devido ao ano muito seco, não estou surpreso com a pouca complexidade que apresentam. Frescos e frutados, com cores médias no início da fermentação e que lentamente vão escurecendo com o aumento do contacto com a pele. Na boca são agradáveis, mas com finais pouco longos.

P.S. Obrigado Daniela por nos ajudar a fazer os Vinhos do Porto de 2012!

Oscar