Brief report about Harvest 2010

2010 harvest grapes arriving to Quevedo winery

No 11º dia de vindima, aqui fica um ponto da situação:

  • o tempo está bom, seco e limpo, com temperaturas entre os 20º e 30º – ainda dá para dar uns mergulhos no Douro
  • dia após dia os mostos estão cada vez a mostrar cores mais intensas – e o melhor indicador são as minhas mãos que estão a ficar pretas
  • durante os primeiros dias de vindima, o sumo de uva cheirava a morangos, agora cheira a amoras – um dia vai cheirar a bom Vinho do Porto
  • a adega está a ficar cheia de uvas e há trabalho para fazer em todo o lado – a minha irmã já me disse que não quer ouvir falar de encomendas até, pelo menos, depois do Natal
  • até agora camiões, carrinhas e carros estão a circular bem – só um tractor teve um furo no pneu
  • nos últimos dias não temos recebido visitas de outros produtores –  isto quer dizer que há já muita gente a vindimar
  • ontem a minha sobrinha de 2 anos esteve a provar algumas uvas das videiras à volta da adega, mas não as achou muito doces – aqui está uma prova científica para não vindimar estas videiras antes de Outubro

Oscar