Finalmente Acabou a Vindima Na Quevedo

Vine after harvestFinalmente podemos dizer que acabou a vindima de 2008! Ontem encubmos a ltima cuba, 10 dias depois de termos terminado a recolha das uvas. Como dizemos aqui no Douro: at lavagem dos cestos vindima!

Este ano a vindima comeou dia 8 de Setembro. Comparando com os anos anteriores no comemos muito cedo, mas como este ano a maturao no foi muito regular – foi mesmo um ano atpico – tivemos de tomar a deciso de iniciar a vindima sem graduaes muito altas. Como tnhamos informado na altura, comemos no Douro Superior – na Quinta das Olgas, com graduaes em redor dos 12,6 B e dos 13,4 B. Seguiu-se a Quinta da Alegria, e depois ainda espermos cerca de 3 dias para iniciar na Quinta Vale D’Agodinho (que comeou no dia 16 de Setembro), nessa altura as graduaes nesta Quinta estavam idnticas s das uvas das Quintas anteriores.

Entretanto parmos novamente a vindima cerca de 10 dias, e s recomemos no dia 6 de Outubro, nas propriedades mais altas, as que se situam em S. Joo da Pesqueira, a cerca de 620 metros de altitude. Mais uma vez o Vero pouco quente no deixou que as uvas atingissem graus elevados, uvas essas que chegavam adega com cerca de 12,0 B a 12,5 B. Mas em contrapartida tnhamos vinhos frutados, com pH baixos e a acidez total alta, e a cor apesar de tudo tambm era boa.

Deixmos a Quinta da Trovisca para o fim (para o dia 16 de Outubro), com os seus talhes monocastas (onde temos a touriga nacional, a touriga franca, a tinta roriz e o souso), e foi uma boa aposta pois as uvas entraram com uma mdia de 12,3 B a 13,2 B, com aromas muito bons e uma cor excelente.

Posso dizer que a vindima foi longa mas acabou por no ser muito cansativa. Estas paragens na recepo das uvas acabam por nos deixar um pouco mais de espao para fazermos outras coisas. E tendo em conta os problemas de maturao, o ano acabou por ser de qualidade boa. contudo resta-nos aguardar pela evoluo dos vinhos e fazer com que os mesmos se tornem excelentes.

Agora tempo de reflectir, de nos reorganizarmos e de voltarmos outra vez ao trabalho, pois o Natal est a chegar, e como manda a tradio na noite de consoada no pode faltar uma garrafa de Vinho do Porto na mesa dos portugueses para brindarem o nascimento do Menino Jesus. E temos que enviar as nossas garrafas para aqueles que querem celebrar com Quevedo!

At breve

Cludia Quevedo

If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribe to the feed and get future articles delivered to your feed reader.