Abrir uma garrafa de Porto com tenaz

Nota breve: este vídeo foi feito pela Rádio Renanscença numa visita à nossa cave em Vila Nova de Gaia.

Se há coisa que entretêm os enófilos são os rituais. Temos atenção aos copos que se usam, à forma como se passa a garrafa, ao tempo de decantação ou à temperatura de serviço do vinho. Tomamos estes passos para garantir que desfrutamos da garrafa em todo o seu esplendor. Outro ritual que também nos preocupa é como abrir a garrafa e que saca rolhas utilizar. Na verdade, algumas garrafas há, já de muito avançada idade, das quais não se conseguirá tirar a rolha numa única peça e para as quais é preferível remover a parte superior do gargalo.

Como é que se utiliza a tenaz de Vinho do Porto? O vídeo acima ajuda a perceber, mas em poucos passos, faz-se o seguinte: aquece-se a tenaz (eu prefiro brasa ao bico do fogão); depois coloca-se a ponta da tenaz à volta do gargalo, ligeiramente acima do nível inferior da rolha e deixa-se em contacto durante uns 30 segundos, colocando-se de seguida uma toalha húmida e muito fria (mergulho a toalha em água com gelo) nesse mesmo sitio. Se a tenaz estiver bem quente a mudança de temperatura fará com que o vidro estale. E aí está. Depois é só decantar e desfrutar com os amigos.

Oscar

If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribe to the feed and get future articles delivered to your feed reader.

  • Frank

    Port Tongs, I have never heard of this method of opening a bottle of port or wine which has old corks

  • http://www.minstrelandmuse.com/ Minstrel & Muse

    That was really cool–I’ve never heard of this method either.