Orgulhoso de ser local

The Square & Compasses

Há uns dias atrás tive uma prova de Vinhos do Porto e Douro no The Square & Compasses (Esquadro & Compasso), um pub localizado em Fuller Street, Fairstead, Essex, Inglaterra. Fuller Street é uma pequena aldeia, com menos de 50 habitantes, onde todos os habitantes se conhecem e onde a vida é relaxada e agradável. A aldeia é muito velha, sendo o pub de 1652. Este é de facto o pub mais simpático que conheço, tendo sido votado melhor Food Pub do Ano em 2010-2011 na região de Chelmsford e Mid-Essex.

Victor Roome é o dono do pub e organizou um delicioso jantar para que 60 pessoas tivessem oportunidade de provar três Vinhos do Porto Quevedo e Oscar’s 2008, o nosso Douro tinto. Se a origem das bebidas era portuguesa, a origem da comida era naturalmente local, com especial destaque para a carne de caça da reserva da aldeia. Pombo, perdiz e faisão são os principais pássaros que ali habitam.

Mas vVictor Roome owner of The Square and Compassesamos a um ponto que gostava de comentar convosco. No menu, especialmente elaborado para esta prova, havia uma frase que me chamou à atenção: “Orgulhoso de ser local”. O que é que significa, pensei eu para mim. Talvez queira dizer que o The Square & Compasses gosta de estar inserido numa pequena comunidade, no campo, onde os habitantes são como família e toda a gente está disponível para dar uma mão quando necessário. Significa que o Victor confia na comunidade local para sobreviver, enquanto que a comunidade encontra no pub o lugar de encontro para uma cerveja ao fim do dia ou para um jantar quando não apetece cozinhar em casa.

Sinto-me local também. Pertenço ao Douro, mais concretamente à vila de S. João da Pesqueira. Mas apesar de termos uma linda paisagem, estamos privados de muitas outras coisas. Por exemplo, não temos a oferta cultural que outras cidades portuguesas têm como o Porto ou Lisboa. Mas quando nos apetecer podemos sempPequeno-almoço no The Square and Compassesre ir aos centros urbanos à procura daquilo que precisamos. É provavelmente o que fazem as gentes de Fuller Street quando querem alguma coisa de Londres, que está a 1h30m de distância.

Numa época em que mais e mais pessoas migram para as cidades, não nos podemos esquecer de ajudar as comunidades locais a sobreviver. Precisamos de apoiar os pequenos negócios já que eles são bem necessários para os habitantes das pequena comunidades. Caso contrário, quando for às zonas rurais, no campo, não haverá ninguém para lhe sorrir. E eu tenho a certeza que se o visitasse, não esqueceria o pequeno almoço no The Square & Compasses!!

Oscar

If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribe to the feed and get future articles delivered to your feed reader.