Quevedo Colheita 1996 ganha medalha de ouro nos concursos Mundus Vini e Palate Press

Primeiro deixem-me começar por dizer que para nós é (quase) tão importante a opinião sobre os nossos vinhos do mais discreto e jovem consumidor como a do mais influente crítico. No entanto, como o primeiro pode deixar as notas de prova no nosso blog, achamos que também podemos partilhar os reconhecimentos e prémios que recebem os nossos vinhos por parte da imprensa e em concursos. E aqui vai, o Quevedo Colheita 1996 tem saído com grande destaque nos consuros de vinho nos dois lados do Atlântico. Primeiro, em Setembro, no concurso Mundus Vini recebeu uma medalha de ouro. Depoois, em Novembro, na quinta edição anual do Palate Press Grand Tasting voltou a ser galardoado com uma medalha de ouro.  Se quiser ler as notas de provas, que são bastante interessantes para perceber como é que os provadores avaliaram os vinhos, veja em Quevedo Colheita 1996 medalha de ouro Mundus Vini e Palate Press. Assim, se nos próximos meses vir as nossas garrafas de Colheita 1996 com um autocolante dourado, já sabe de onde vêm. Temos vindo a falar com amigos sobre se o consumidor está mais tentado a comprar um vinho depois de ver uma medalha na garrafa. Vamos testar e se estiver interessado nos resultados, envie-nos um email dentro de 6 meses!

Informação prática que talvez tenha curiosidade em saber: acabámos de engarrafar o que é o último lote desta primeira edição de Colheita 1996 (fizemos três engarrafamentos entre 2010 e 2013). A restante quantidade que temos, um pouco mais de 10.000 litros, continuará a envelhecer em pipos e tonel durante as próximas décadas, antes de voltarmos a engarrafar.

Até breve,

Oscar

If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribe to the feed and get future articles delivered to your feed reader.