Quevedo partilhando

Vindima no Douro

Neste blog, juntamente com todos os cibernautas a Quevedo poderá partilhar experiências e dar a conhecer ao mundo todas as alegrias e contrariedades que um produtor de Vinho do Porto enfrenta diariamente. Criar um blog é mais um desafio exigente a juntar a todos os outros que são necessários ultrapassar na dura, mas compensadora, realidade em que vive um produtor de vinho na região do Douro.

Passados tantos anos de existência urge na Quevedo esta vontade de partilhar a imensidade de histórias que acompanham diferentes gerações.

Já são algumas as narrativas que envolvem a Quevedo, se há anos, em que apesar do suor e do cansaço, é uma enorme satisfação viver o período da colheita e o transporte de tão esmeradas uvas até à adega, na expectativa de em breve ver mais uma vez o seu vinho reconhecido pelos consumidores, anos há em que inesperadas intempéries, ou outras doenças afectam brutalmente a produção e deixam cair por terra o esforço de mais um ano de trabalho.

A juntar à enorme vontade que tenho de partilhar convosco as aventuras vinícolas da Quevedo, o vinho e em especial o Vinho do Porto, está também a ansiedade de dar a conhecer a região do Douro, as magnificas e imensas paisagens onde o limite é o infinito, e toda a história das gentes que ali se fixaram e que todos os dias sentem o orgulho de viver em tão notável região, entregando a sua vida a tão árduo mas compensador trabalho.

Há já algum tempo que conheço a Quevedo e que vivo de perto a sua história e a sua cultura pelo vinho, sendo evidente na Quevedo a impetuosa vontade e paixão por ver este projecto em velocidade cruzeiro, por isso o convite para participar nesta iniciativa deixou-me muito entusiasmado. Este é um propósito que merece ser apoiado e encorajado, considero este desafio ganho quando vos fizer sentir um pouco daquilo que sinto ao estar perto do Douro e dos seus magníficos vinhos.

O Vinho do Porto é uma bebida espirituosa, que se adequa a variadíssimas ocasiões e locais. A sua riqueza e diversidade permite-nos apreciar um excelente Vintage numa noite fria de Inverno junto à lareira, ou beber um bom Porto Branco fresco, numa noite de Verão com os amigos.

O Vinho do Porto não tem segredos nem barreiras etárias, basta estar disposto a descobrir todas as sensações e sabores que um cálice do seu néctar nos pode proporcionar.

Com a minha participação neste blog, espero poder contribuir para que todos fiquem a conhecer melhor a cultura que existe à volta do Vinho do Porto, e ajudar a desmistificar a sua imagem.

Bruno Pinto

If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribe to the feed and get future articles delivered to your feed reader.

  • http://www.prgrisley.com/blog michael grisley

    Bruno,
    I can’t wait to read and learn more about your fascinating region. Portugal is definitely a very popular wine producer right now in the United States, so your blog will be a great resource for people wanting to educate themselves about the the fantastic wines and ports being produced. Thanks!!

  • http://www.quevedoportwine.com bruno

    Thanks Michael for your comment.

    It will be a pleasure to show you a little bit more about the Portugese wines and Port Wine.

    Regards,

    Bruno