Single varietal Port experiment – it we get something excellent we will bottle it!

Porto feito a partir de 5 castas diferentesComo alguns dos nossos leitores já se devem ter apercebido, estamos a fazer algumas experiências com Vinho do Porto mono-casta. Tenho a certeza que muitos produtores já terão feito estas experiências. Talvez tu até já tenhas provado Porto de uma única casta. Mas para nós aqui na Quevedo é a primeira vez que fazemos este ensaio com total empenho e dedicação. E se o resultado for bom, isto é, se o vinho que obtivermos for especial, queremos fazer uma edição limitada destas cinco castas. Na verdade, seria verdadeiramente exclusivo uma vez que só temos vinho para cerca de 250 garrafas de cada casta.

A totalidade das uvas foram colhidas no sábado passado, dia 26 de Setembro, pelos meus amigos da Universidade, na Quinta da Trovisca. Todos os anos estes quase-todos-citadinos vêm até cá em época de vindimas para nos ajudar no que é preciso, Este ano decidimos levar a cabo uma tarefa diferente, colheitas por equipas, especializados em castas. E há que tirar o chapéu a estes economistas já que fizeram um trabalho excelente. Sem eles teria sido muito mais difícil de concretizar.

Como é que funcionou? Criámos cinco grupos diferentes: Touriga Nacional, Tinto Cão, Touriga Franca, Tinta Roriz e Sousão. Cada um dos grupos, com 3 ou 4 elementos, era responsável por vindimar, esmagar e pisar as uvas.

Nesta altura já a fermentação de todas estas castas parou. Os mostos foram fortificados e durante o fim-de-semana devemos passá-los para barricas de 250 litros, onde vão envelhecer durante alguns anos (não sei bem quantos) e, quem sabe, posteriormente engarrafados.

Começámos este projecto mais por diversão e para desenvolver e enriquecer o conhecimento da comunidade sobre Vinho do Porto. Por isso se estiveres de passagem, pára por aqui que nós mostramos-te o que estamos a fazer.

Oscar

Para já o meu preferido é o Roriz