O Douro de visita à Califórnia

Life on the Douro in the Chaplin Theather in Hollywood

Chegou ao fim a apresentação do filme Life on the Douro na Califórnia. A avaliar pelos comentários da audiência, foi uma grande sucesso. Aqueles que nunca estiveram nem no Douro nem no Porto, puderam ver o quão bonita e impressionante é a paisagem e quão longa, complexa e desconcertante a história se tem tornado. Mesmo para aqueles que visitam a região regularmente, e eram alguns os presentes, há sempre algo novo, algo ainda para ser encontrado que o filme do Zev Robinson trás até nós. Como tive oportunidade de dizer ao Zev depois da apresentação em San Francisco, quanto mais vejo o filme mais o desfruto!

Depois do filme, a audiência pôde provar alguns vinhos do Douro e Porto que foram doados por uma dezena de produtores. Se bem me recordo, por estes todos: Dow’s, Ferreira, Graham’s, Niepoort, Quevedo, Quinta do Crasto, Quinta do Portal, Quinta do Vale Meão, Sandeman, Taylor’s.

As salas de projeção escolhidas para a apresentação tinham também as suas histórias. E que história! Em Hollywood, Los Angeles, o Chaplin Theather era o sitio escolhido por Charles Chaplin para apresentar os seus filmes aos amigos. Consegue imaginar o que senti quando vi o Douro na mesma tela em que Charlin Chaplin mostrava os seus projetos? Deu-me calafrios! Em San Francisco a história da sala é diferente e está mais relacionada com a instituição que a gere. A Delancey Street Foundation é uma organização de ajuda a indivíduos que abusavam de drogas, ex-presidiários, sem-abrigo ou outros que passaram por momentos dramáticos. E ali estávamos nós, a ajudar quem mais precisava de ajuda.

Oscar

If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribe to the feed and get future articles delivered to your feed reader.

  • https://www.pinchit.com/ San Francisco happy hours

    Another
    really neat attraction for more mature audiences is the Old Faithful Geyser of
    California. This is a little off the beaten path as it is located around an
    hour and a half north of the city but if you like nature and serenity it is
    worth a detour.

  • Angela

    Le pasaré este blog a mi marido que es un amante del vino, aunque tenga que traducirlo seguro que le será interesante, el año pasado estuvo haciendo un curso de cata de vino.

    Un saludo desde Madrid,  “Conocer Madrid”