O clima começa a preocupar-nos, não estamos preparados para um ataque de míldio

Durante as últimas semanas as súbitas alterações de clima têm afectado o cultivo das uvas no Douro. Os últimos dias de Maio foram quentes e pouco ventosos, criando condições perfeitas para a polinização. Estávamos muito contentes porque achámos que não precisaríamos de sulfatar as nossas vinhas e assim minimizaríamos a utilização de produtos químicos no crescimento das uvas. Mas entre os dias 4 e 6 de Junho choveu muito, aumentando os níveis de humidade, ainda que com temperaturas inferiores a 16º C, sendo suficientemente frio para manter o míldio e o oídio afastados das videiras. Entre os dias 7 e 9 de Junho o sol voltou e trouxe calor, com as temperaturas à volta dos 26º C, o que é relativamente perigoso dada a humidade existente nos solos e nas folhas. Mas entre os dias 10 e 14 de Junho as temperaturas baixaram novamente e a chuva voltou. Hoje, dia 15 de Junho, está calor novamente, as temperaturas superam os 32º C. e estamos preocupados com o clima. Ainda não sulfatámos as vinhas, apenas as polvilhámos com enxofre em pó por uma vez em todas as vinhas, e em alguns sítios duas vezes. Em principio o aparecimento de oídio está controlado mas estamos vulneráveis ao míldio e os sinais de preocupação começam a aparecer na cara do meu pai…

If you enjoyed this post, please consider leaving a comment or subscribe to the feed and get future articles delivered to your feed reader.