Vinhas

Douro River by you.

Rio Douro

As férteis cepas de Quevedo são o expoente máximo da primeira região vinhateira demarcada do mundo, o Douro.

São 100 ha. de socalcos no Cima Corgo e Douro Superior, zona de solo xistoso, tão genuíno e honesto como o vinho que dele brota, tinto encorpado.

As características do local sao excepcionais devido por uma lado à singular geografia e disposição das vinhas e por outro lado, aos climas que influenciam a região: Mediterrânico e Atlântico – que combinados harmoniosamente criam um ambiente favorável ao desenvolvimento das uvas.

Dividido em pequenas parcelas com diferentes solos e composições físicas e químicas entre eles, cada terroir tem uma personalidade única. Esta abundância de influencias climatáricas e solos, conduz a prolongados estádios de crescimento da vinha. O desenvolvimento será complexo, ponto chave para que os vinhos produzidos obtenham todo o seu potencial.

Quinta Vale D’Agodinho

Quinta Vale D’Agodinho

fica situada junto ao Douro, rio que a abraça ao longo de 200 metros. São 20 hectares mágicos, plenos das melhores castas da região, entre as quais estão a Touriga Nacional, a Touriga Franca, a Tinta Roriz, o Ttinto Cão e a Tinta Barroca. Nesta quinta convive uma pequena parcela de veneráveis cepas de 80 anos, matriarcas de uns néctares raríssimos produzidos em quantidades muito limitadas, com robustos pés de 27 anos, onde amadurecem vinhos com invulgar sabor e frescura. E é lá que todos os anos, entre Dezembro e Janeiro, a poda prepara as cepas para resistirem ao rigor e à secura do Verão. Antes de chegar o Outono, chega a apoteose da Vindima.

Quinta da Trovisca

DSC07077A 2 Km de S. João da Pesqueira, ergue-se a meia-encosta, a cerca de 500 metros de altitude, a Quinta da Trovisca. Aí plantados estão 17 jovens hectares de castas maioritariamente tintas, mas também algumas brancas: Touriga Nacional, Touriga Franca, Tinta Roriz, Sousão, Viozinho, Gouveio e Rabigato. Como manda o micro-clima do local, a vinha é podada em Janeiro e vindimada na terceira ou quarta semana de Setembro, proporcionando vinhos com boa estrutura e com uma acidez equilibrada.

Quinta da Sra. do Rosário

Quinta Sra. RosárioMais perto do céu, a 650 metros de altitude e a cerca de 1km da vila de S. João da Pesqueia, estende-se a vinha mais antiga que os nossos avós plantaram. Com pés de idade respeitável, foi plantada há 45 anos com as castas características da região – é em cada ano a última a ser podada e vindimada. Assim, é apenas em Outubro que se dá o milagre do sabor, do qual não cessam de brotar vinhos frutados, aveludados e frescos.