Where To Go When Visiting Porto

A cidade do Porto é conhecida por ter dado o nome ao Vinho do Porto, e é como uma varanda sobre Vila Nova de Gaia, o local onde antigamente se realizavam as provas que decidiam a declaração de um vintage e onde os melhores Vinhos do Porto envelheciam nas caves das tradicionais empresa do sector antes de serem comercializados. O Porto dá o nome enquanto Vila Nova de Gaia alberga as caves!

Gostava de vos apresentar alguns locais que considero não devem ser esquecidos numa visita de dois dias ao Porto e que vos irão surpreender.

Casa da Música

Um bom ponto de partida é a zona da Boavista, onde podem visitar o mais recente e moderno espaço cultural da cidade: a Casa da Música. Seguindo pela Avenida da Boavista abaixo, chegamos aos Jardins e Museu de Serralves. Neste Museu podem encontrar fabulosas exposições de arte contemporânea portuguesa e internacional, e aproveitar para visitar também os seus magníficos jardins. Se visitarem o Museu até o dia 18 de Janeiro de 2009, terão a oportunidade de visitar a exposição do escultor espanhol Juan Muñoz, que tem uma escultura exposta na parte antiga da cidade, no Jardim da Cordoaria.

Escultura de Juan Muñoz nos Jardins da Cordoaria

E já que estamos na Baixa, que tal uma visita a alguns dos monumentos mais marcantes do Porto, como a Torre dos Clérigos, a Igreja do Carmo, a Sé Catedral e o Teatro Nacional S. João (podem encontrar toda a informção necessária para uma visita à cidade no site do Porto Turismo). Não deixar também de passear pela Rua Miguel Bombarda e visitar algumas das suas galerias de arte.

À noite aconselho uma passagem pela Rua Galeria de Paris, novo local de encontro da malta jovem da cidade. Esta zona é conhecida pela sua faceta cosmopolita, sendo normal encontrar aqui pessoas de diversas nacionalidades que estão a trabalhar ou estudar na cidade e procuram algum divertimento.

Ribeira

No dia seguinte, e para terminar a visita da melhor forma, nada melhor do que um fim de tarde no Cais de Gaia, junto às tradicionais caves do Vinho do Porto. É o local ideal para desfrutar do pôr-do-sol reflectido no Rio Douro, acompanhado de amigos e de um Porto Quevedo.

Até breve,

Bruno Pinto

P.S. Há mais um sítio que recomendo que visite: Villar d’Allen. Pode ler mais sobre o sitio neste post sobre Villar d’Alen