S. João da Pesqueira: Genuine Douro

Entrace of Sao Joao da PesqueiraSão João da Pesqueira (which literally means Saint John of the Fishing Town) is located two hours away from Porto and 4 hours away from Madrid, in the heart of the Douro Valley (see map).

I discovered this small town 4 years ago after meeting Oscar (Jr). I am from Barcelona (Spain) so this was quite a different environment for me, but when I met this place I just felt in love. The buildings, the kindness of the people, the food, the views, the passion for wines… Everything made this place unique.

One of the most surprising things for me was to see the coexistence -in a relatively small place- of modernity and tradition. On one side I saw a lot of nice restaurants, a cute hotel and beautiful streets and buildings, and on the other side, mixed up with well-dressed tourists, you would find farmers buying fertilizers for their vineyards, these little streets packed with tiny houses that belonged to another time or the bread maker ringing the door-bells of the town to sell his bread.Sao Joao da Pesqueira, August 2008 Can you see yourself answering to the doorbell in the middle of Barcelona and saying  “Yes João, two bread loafs and four rolls, please??” I couldn’t, but know I feel so well when I do!

Another thing that captivated me was the food. It nearly seems ridiculous to say this but here tomatoes taste like tomatoes (100 times better than the ones we buy back at home at the grocery store), the meat -which belongs to the farmer two towns away- is so tasty and everything is natural! I am going to confess that here I discovered the real flavour of strawberries. Can you imagine? I had to wait 25 years to taste a REAL strawberry with its concentrate and strong sweetness, maybe not as perfect-shaped as the ones I’ve seen but incredibly delicious.

Things here happen without an announcement and it was like this that once, while we were in the Quevedo Winery, appeared Mr. Valentim (the boss of the workers of the family), dressed up in a white suit carrying a bee hive. He showed us how to collect the honey from the hives and we could even taste a piece of wax full of this amazing honey… I wish I could send a piece to each reader of this post (you would love it).DSC06807

This is an Oasis in the crazy world we live in. When we come here for the weekend, after a long working week in Madrid (4 hours away), this feels like another world: no stress, no pollution, people passionate for everything they do… It is a REAL world.

I strongly recommend you to come and visit S. João da Pesqueira and feel yourselves all the sensations I tried to transmit you. It is worth it.

I send you my best regards and be happy!

Nadia Adria

13 Comments Added

Add yours
  1. Fernando Peneiras Thursday November 20th, 2008 | reply
    Caro amigo, na verdade S. João da Pesqueira, é apérola do "DOURO", coração do Alto Douro Vinhateiro a raínha da Região Demarcada do Vinho Fino. S. João da Pesqueira, é diferente, o amante desta vila encantadora, tem que saber gostar dela, porque a Pesqueira é uma terra sem igual. Grato pelo seu artigo sobre esta nobre e singela terra. Cumprimentos
  2. Jaun Millalonco Wednesday July 1st, 2009 | reply
    My first visit here, found the blog accidentally really, and I just wanted to say I've enjoyed my visit and had some good reads while here :) Juan
  3. carmo rodrigues Wednesday October 7th, 2009 | reply
    Fico maravilhada por pessoas passados tantos anos acharem ainda a pérola do Douro. Esta vila traz-me muito boas recordações. No mês de Dezembro de 1974 encontro-me a caminho do Pinhão de comboio com a minha avó materna para ir viver na barragem da Valeira onde o meu pai trabalhou na altura por conta da Mague montando as turbinas de água. Estudei em S. João das Pesqueira e recordo com saudade a Srª que vendia doces na Rua dos Gatos. O jardim do tribunal onde ia buscar camélias acima das árvores. As cerejeiras à beira da estrada que ia para a barragem a qual fazíamos a pé. O carneiro que uma vez veio atrás de mim e da minha a um Sábado quando fomos ao mercado ao ar livre. Os meus colegas, professores e todas as pessoas maravilhosas com quem convivi durante 2 anos que lá morei. Regressei aí à 14 anos para mostrar ao meu filho esse sítio maravilhoso e vi que existia ainda os pavilhões de casas na barragem. S. Salvador do Mundo outro local obrigatório para quem vai aí. Fico grata pelas recordações que me trouxe com as fotos.
  4. Odair Braz de Almeida Monday February 1st, 2010 | reply
    Meus compatriotas, escrevo, para dizer que sou apaixonado pelas fotos e comentários de São Joao da Pesqueira. Moro no Brasil, Estado de São Paulo, na grande Capital, no bairro do Tatuapé. O motivo que me leva a interessar-me por esssa querida localidade, e seus moradores é porque minha avó materna, nasceu em Trevões, casou-se por volta de 1915, possuo ate hoje a sua certidão de casamento original, o nome dela era Ephigenia dos Santos Caldeira, e seu esposo Antonio Maria Caldeira, a muito que tento localizar alguem que vieram a conhece-los, ou ate algum parente distante, gostaria de conhecer alguem que me ajudasse a conhecer mais sobre as minhas origens. Se alguem sentir de me contactar, escreva em meu endereço eletronico: [email protected] desde ja fico no aguardo Odair Braz
  5. oscar Tuesday February 2nd, 2010 | reply
    Olá Odair! Acho que conheço alguém que o pode ajudar: ligue para o Restaurante Casarão em Trevões, e peça para falar com o Sr. Adérito +351254477247. Ele deve conhecer alguém da sua família. Fico contente por ter utilizado o nosso blog para esta sua pesquisa. Quando vier a Portugal avise! Estamos cá para o conhecer. Oscar
  6. odair braz Saturday May 15th, 2010 | reply
    gostaria de saber onde encontrar teus maravilhosos vinhos aqui em São Paulo, Brasil Estou tentando preparar uma viagem para essa perola D'OUro para conhecer melhor as origens de meus antepassados. Abraços Odair Braz
  7. Oscar Quevedo Monday May 17th, 2010 | reply
    Ola Odair, Espero que essa viagem ao Douro esteja para breve. Fico a espera da sua visita! Ainda não temos os nossos vinhos no Brasil. Ai esta uma missão que falta cumprir! Espero que não demore muito! Oscar
  8. ISRAEL MADUREIRA Wednesday May 19th, 2010 | reply
    meus avós, Manoel Madureira e Alzira de Jesus Souza madureira, nasceram em São João da Pesqueira, meu avÕ é da freguesia de nagoselo do douro. Tenho visitado o site de Sao João da Pesqueira, o local é muito lindo com suas paisagens e os vales nos quais margeiam o ma- ravilhoso Rio Douro. Gostaria muito de conhecer algum familiar mesmo que distante. Agradeço, Israel Madureira São Paulo/Brasil.
  9. Odair Braz de Almeida Tuesday May 25th, 2010 | reply
    Meu querido (já o considero um amigo)Oscar Quevedo, vce é uma pessoa muito conhecedora das coisas boas da vida, aqui no Brasil o povo esta consumindo vinho, mas muito vinho, mesmo, nunca se consumiu vinho como nestes ultimos anos, tem varios programas de radio que colocam em suas programções,enologos, sommelier para falar sobre essas preciosidades, ontem quando voltava para casa ouvi na radio uma enologa chamada Alessandra Corvo, que falou dos vinhos, da tua região fiquei muito emocionado, tente contacto com alguma importadora que tenho certeza que obtera sucesso, estou torcendo por voce. Estou muito feliz em poder conversar com voce, estou passando teu endereço para meus familiares e amigos. Muito sucesso, regado a um bom vinho. Seu admirador e amigo Odair Braz
  10. Fernando Pimentel Lemos Sunday August 15th, 2010 | reply
    Minha Prezada Nadia, Espero que possas me ajudar. Sou brasileiro de Resende(RJ) e estou a montar a árvore genealógica de minha família. Tenho encontrado dificuldade na genealogia de meu avô paterno Sr. José Augusto de Lemos, nascido em São João da Pesqueira (segundo informações de outros parentes) por volta de 1879, conforme certidão de casamento em meu poder, que diz que ele se casou com 23 anos em 1902, aqui no Brasil. Meus bisavós paternos se chamavam: Martiniano de Lemos e Maria da Ressurreição, e, ao que tudo indica, são também de São João da Pesqueira. Só não sei se são do Concelho ou da Freguesia de São João da Pesqueira. Se puder me ajudar, ficaria bastante grato. Um detalhe: Até onde sei, meu avô (José Augusto de Lemos) trouxe com ele para o Brasil, duas irmãs, cujo nome não possuo no momento. Encantado e orgulhoso com a terra de meus antepassados, fico na expectativa de uma resposta favorável por meio deste sítio, ou via email informado nesta correspondência. Receba pois minhas congratulações pelo excelente site, que me proporcionou fores e grandes emoções. Abraço Fraternais, Fernando Pimentel Lemos
  11. Anad2015 Saturday November 19th, 2011 | reply
    My sister and I would spend our summers running thru the cobble stone streets of Pesqueria from aunt to aunt to grandmothers house until we were exhausted.  I still have pictures of riding my Tia's mule until dark.   Spending the mornings at the fountain, where we would try our best to balance the clay pots on our heads (oops) !  What an amazingly charming town.  I hope it never changes too much !   I miss it terribly !
  12. Apollo1966 Friday May 25th, 2012 | reply
    I drunk a fine wine this night - called Tuga from Sao Joao de Pesqueira and this way now i learned something about this beautifull city. Greetings from Cracow, Poland!
    • Oscar Saturday May 26th, 2012 | reply
      I hope now you come to visit the town! We will be waiting for you!

Leave a Reply

Reset all fields