Growing white grapes in Quinta da Trovisca: Viosinho, Rabigato and Gouveio

Planting white grapes in Quinta da Trovisca: Viosinho, Rabigato and GouveioDepois de preparar o terreno e fazer os socalcos, plantámos finalmente as nossas primeiras videiras de uvas brancas na Quinta da Trovisca. Escolhemos três castas para o nosso pequeno terreno de menos de 2 hectares de terra: Viosinho, Rabigato e Gouveio. Há muitos produtores a plantar uvas brancas novamente no Douro. A agricultura move-se em ciclos, há uma década atrás as uvas brancas eram muito mais baratas que as uvas tintas e muitos decidiram plantar uvas tintas. Agora o branco está na moda, não só para Vinho do Porto mas também para Douro.

2010 pode ser um bom ano para plantações depois do longo período de chuvas cairam no Douro e em todo o país. O solo está cheio de água; tanta que encontra-se nesta altura saturado e toda a chuva que cai corre vale abaixo até chegar ao rio Douro. De qualquer modo, muito provavelmente vamos precisar de regar estas jovens videiras. Mas em vez de começarmos em Junho, deveremos começar só lá para fins de Julho ou início de Agosto.

Durante os últimos dias o tempo tem estado seco e o céu quase sempre limpo. Dou as boas-vindas ao tempo quente e pouca humidade, as videiras começam a rebentar e precisam de tempo quente para trazerem boas uvas em Setembro.

Oscar

6 Comentários Added

Add yours
  1. Thomas Kern 12 12UTC Abril 12UTC 2010 | reply
    So see you again in 2015 for the first White Oscar. Looking forward to tasting it!
  2. Oscar Quevedo 13 13UTC Abril 13UTC 2010 | reply
    Are you suggesting us to use these grapes for Oscar's? And what about our Ports? Maybe a little bit for each Port and Douro wines...
  3. Thomas Kern 13 13UTC Abril 13UTC 2010 | reply
    2015 is far too early for a reasonable white Port, I suggest to try a Douro white, without oak barrel, of course. Fruit orientated, good structured, with ripe tannins and constructive acidity. The terroir is perfect, the grapes great Douro classics, so go ahead!
  4. Oscar Quevedo 14 14UTC Abril 14UTC 2010 | reply
    You're right! Your knowledge about the Douro and Port Wine gives me hope that one day wine will not only be a hobby but something engaging you professional.
  5. José Ferreira da Silva 17 17UTC Maio 17UTC 2010 | reply
    E para quando um bom espumante ? Os espanhois vendem 10 milhões de garrafas de cava no mercado belga.
  6. oscar 27 27UTC Maio 27UTC 2010 | reply
    Olá José! Nunca tínhamos pensado nisso, talvez por aqui em casa ninguém ser um apaixonado de espumantes. O mercado belga gosta muito de espumantes e o Cava é um substituto barato do Champagne. A Bélgica é também um mercado importante para Vinho do Porto. Continue por aí José!

Responder a Thomas Kern Cancel Reply

Reset all fields